segunda-feira, 7 de junho de 2010

Sugestão de dinâmica

Na última roda de TC realizamos uma dinâmica que considero bem sucedida. Todos participaram, falaram, tocaram no colega, foram tocados e se expressaram. É simples, mas surtiu um grande efeito para o momento da partilha dos problemas no grupo. Levei dentro de uma caixa de presente um ursinho de pelúcia. Disse que havia trazido uma coisa para compartilhar com eles. Quando abri uns ficaram desconfiados, outras suspiraram: Hum! Que lindinho! Demos um nome pra ele, o ursinho: Raian. Orientei que o ursinho fosse passado de mão em mão e que, na sua vez, todos deveriam expressar alguma forma de afeto, carinho pro Raian (nome do netinho de uma participante do grupo). Havia 30 participantes, todos tocaram, abraçaram, beijaram, elogiaram, acariciaram o Raian. Quando ele retornou a minhas mãos novamente todos ficamos em pé e orientei: você terá que ter com o seu colega da direita a mesma demonstração de afeto que teve com o Raian. Foi uma graça! Teve gente apertando a bochecha do colega, elogiando os olhos, a maciez (você é tão fofinho!). Foi uma oportunidade para todos se expressarem de uma forma bem lúdica. Ao final fizemos uma breve avaliação da dinâmica: “é difícil falar dos meus sentimentos, hoje quando eu chegar em casa vou falar pro meu marido o quanto eu gosto dele”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário, sugestão ou escreva um texto que eu publicarei ou responderei sua pergunta.